Escrever

Como escrever um prefácio

O prefácio de um livro é uma ótima maneira dos teus leitores saberem o que podem esperar do mesmo e entender melhor como foi a tua experiência ao escrevê-lo. É a primeira oportunidade que tens em comunicar com eles como autor. Sabemos que escrever um prefácio pode parecer assustador e, por isso, trouxemos-te tudo o que precisas de saber sobre esta parte do teu livro e algumas dicas para conquistares os teus leitores no momento em que o leem!

O que é um prefácio?

Um prefácio é uma pequena introdução que antecede a própria história. O prefácio deve contextualizar a história, explicar as razões para a sua partilha ou, até mesmo, fornecer alguma opinião. Basicamente, é um ótimo apoio á leitura e funciona como um comentário ao próprio livro. Atenção, um prefácio não é um prólogo. O prólogo já é parte da história e, normalmente, fala de eventos que a antecederam.

Quem deve escrever o prefácio?

Para além de poder ser escrito pelo autor, pode ser escrito por outras pessoas (podes ver este exemplo). Então, se conheces alguém que tenha algo a dizer sobre o teu livro, a tua experiência de escrita do mesmo ou a tua jornada, não hesites em pedir-lhe uma ajudinha. Muitos escritores pedem também a outros escritores para escreverem o seu prefácio, não falo por todos, mas certamente, se és um leitor emergente e consegues que um leitor muito conhecido escreva o teu prefácio, isso vai dar-te credibilidade e oferecer uma sensação de confiança aos teus potenciais leitores. Por outro lado, a opção de teres alguém mais próximo de ti a escrever o teu prefácio, pode despertar o seu lado emocional e facilitar a sua conexão contigo e com o teu livro.

Todos os livros precisam de um prefácio?

A resposta é muito simples, não. Não há uma lei conhecida que dite quando um livro precisa ou não de ter um prefácio, então, pensa sobre o tema e decide se a escrita do prefácio vai acrescentar algo ao teu livro e faz sentido na tua visão literária. Confia em ti e no teu instinto. Talvez seja mais fácil entenderes se verdadeiramente queres o prefácio no teu livro quando já tens a obra completa e podes ter uma visão mais global do teu livro.

Dicas para escrever um prefácio

1. Responder aos “porquês” dos teus leitores

Uma boa maneira de escrever um prefácio é responder a vários porquês que possam surgir na mente dos leitores. Deixamos-te aqui alguns

  • Porque é que escreveste o teu livro?
  • Porque é que escolheste o tema do teu livro?
  • Porque é que este livro vai ser importante para eles?
  • Porque é que os vai impactar?
  • Porque é que vão amar o teu livro?

2. Fala da tua jornada como escritor

Falar da tua experiência de escrita do livro pode mostrar aos leitores o quão desafiante é esta atividade. Este momento é também importante a nível pessoal, já que podes aproveitar o prefácio para fazer uma reflexão sobre a tua caminhada. És um leitor publicado!  Terminaste o teu livro! E tens que te orgulhar disso, tirar umas páginas para falar do caminho e do quão maravilhoso é alcançar um objetivo destes, pode fazer com que os teus leitores se conectem contigo a um nível mais humano e pessoal.

3. Conta-nos as tuas inspirações

Uma das maneiras de introduzires e contextualizares o teu livro é falares das tuas inspirações para ele, sejam elas experiências ou pessoas, há algum momento baseado numa parte real da tua vida? Ou algum tema que marcou a tua infância e o querias abordar? A personagem principal é inspirada na tua irmã? Tudo isto é importante. Para além disso, caso o teu livro seja de não-ficção, pode ser útil fazer uma pequena introdução a autores que leste, obras, estudos, entre outros.

4. Gera interesse pelo teu livro

Qualquer que seja o caminho que escolhas para a escrita do teu prefácio, é importante que ganhes o interesse dos teus leitores. A verdade é que, tal como a sinopse, o prefácio é uma pequena janela para aquilo que vai ser a tua obra e pode deixar os leitores muito entusiasmados, mas, também, pode fazer com que já entrem desmotivados para a leitura. Então, tem em mente as suas expectativas enquanto escreves o teu prefácio.

 

Bem, pensamos que já tens tudo o que necessitas para ter um prefácio maravilhoso e iniciar o livro cativando os teus leitores para ti e para a tua obra. O prefácio é, uma das últimas partes do livro e, por isso, esperamos que estejas perto de concluir toda a revisão da tua obra. Se estás á procura de um sítio para a publicar, na Bookmundo damos-te a oportunidade de a publicar gratuitamente!! Sabe mais sobre o nosso processo aqui.

Menu