Dicas de escritapromovendo o seu livroPublicando-se

O melhor guia de 2020 para escritores em redes sociais

Marketing em Rede Social para Autores

Publicar um livro é difícil – não te enganes. É uma longa, e muitas vezes, difícil viagem desde a primeira ideia, até à primeira palavra, e especialmente o primeiro rascunho. E ainda não acabou! A partir daí, tens que rever o teu manuscrito, fazer um número infinito de correções, formatar tudo e desenhar a capa. Uma vez terminado e publicado o livro, a ansiedade realmente se instala: será que alguém vai realmente ler o meu livro? É nesse momento que começa o jogo de marketing em rede social.

Promover um livro não é uma tarefa fácil, requer grande esforço da parte do(a) autor(a). Mas temos boas notícias: graças à Internet, promover um livro é muito mais simples do que costumava ser, e se for bem feito, podes até te divertir durante o processo.

*A Internet oferece muitas oportunidades de marketing. A mais comum para os escritores tem sido a criação de um site pessoal do autor onde os leitores se mantenham atualizados e interessados. Porém, na última década, as redes sociais também se tornaram uma ferramenta cada vez mais popular para a promoção de livros, complementando ou até mesmo substituindo o site tradicional. Este artigo irá discutir o marketing do teu livro através das redes sociais, assim como dicas e truques para diferentes plataformas sociais.

Porquê fazer o marketing em rede social?

Desde a sua criação, as redes sociais ganharam rapidamente terreno, ao ponto de serem agora uma ferramenta integral para a maioria das empresas. O mesmo se aplica a ti como um(a) autor(a) autopublicado(a). O imenso alcance das redes sociais, combinado com a natureza pessoal das interacções que aí ocorrem, tornam-nas ideais para chegar aos teus potenciais leitores. Além disso, a comercialização do teu livro em redes sociais é rentável e promove uma cultura de feedback através do contacto directo com os teus leitores. Isto pode fortalecer significativamente a percepção positiva do teu livro.

Aqui estão algumas vantagens que deves levar em conta.

Custos

Embora promover o teu livro em redes sociais exija mais tempo e esforço do que os métodos tradicionais de marketing de livros, como anúncios, brochuras ou cartazes, este método é muito mais barato, e hoje em dia, na maioria das vezes, mais eficaz. Na verdade, os esforços iniciais de promoção nas redes sociais são gratuitos. Mais tarde, com um orçamento pequeno, serás capaz de pagar campanhas publicitárias mais ambiciosas para aumentar o teu alcance.

Sustentabilidade

As redes sociais permitem-te construir uma comunidade online duradoura e, assim, formar a tua base de fãs. Os seguidores que acumulas nessas redes não só serão fãs do teu livro, mas também fãs de ti como autor(a). Assim, podes apresentar mais do que apenas o teu livro; leituras, atualizações de progresso e outros projetos relacionados à escrita também são boas ideias. Ter muitos seguidores não garante que todos irão comprar o teu livro, claro, mas é importante para o teu alcance online de qualquer forma. Faz-o bem, e terás um time de embaixadores digitais promovendo o teu livro voluntariamente!

Plataformas como o Facebook e Twitter fornecem estatísticas e ferramentas analíticas para usuários avançados. Podes usá-las para acompanhar o progresso da tua comunidade online – quantos seguidores ganhaste, que conteúdo é mais popular, etc. Podes usá-las para acompanhar o progresso da tua comunidade online e adaptar a tua estratégia de promoção para a máxima eficiência.

Escopo

Graças às redes sociais, a ligação com o seu público-alvo requer pouco esforço. Apenas certifica-te de definir o teu público-alvo antes de começares. Leva em consideração perguntas como: O teu livro é dirigido a adolescentes ou adultos; as pessoas o lerão por diversão ou por serem um grupo de especialistas?

Também podes querer focar em diferentes plataformas de redes sociais, dependendo do tipo de livro que queres vender. Por exemplo, podes publicar uma parte do teu romance no Facebook, carregar algumas fotos no Pinterest para promover o teu álbum fotográfico, ou podes fornecer aos teus seguidores atualizações de progresso no Twitter. Também deves adicionar links em teu site para as tuas redes sociais, assim como entre as próprias redes.

*Algo a teres em mente: Ao publicar uma parte do teu livro, aconselhamos revelar entre 10% e 50% da sua história. Assim, ofereces aos teus leitores um pedaço dele de graça, e tens mais chances de despertar o interesse deles. Isto não é difícil de fazer se tiveres o teu próprio site. Esta é a estratégia que Andy Weir usou para publicar o seu bestseller The Martian.

Idealmente, uma vez que tenhas montado tuas plataformas e estabelecido uma rotina de partilhamento, a dinámica de cada rede fará o marketing para ti. Notícias e reações ao teu livro se espalharão de boca em boca, ou seja, seguidores compartilhando-o com seus amigos e conhecidos; audiências que não terias conseguido alcançar de outra forma.

*A fim de facilitar a distribuição do teu livro, podes colocar widgets no teu perfil do Twitter, página do Facebook, etc. Estes são pequenos links interativos, que podem funcionar como, por exemplo, botões de “comprar”. A integração de widgets desperta interesse e atesta a tua legitimidade. A Bookmundo oferece estes widgets de graça.

Cultura de feedback em redes sociais

As redes sociais vivem pela e para a interação. A capacidade de gostar, comentar e partilhar permite-te não só aumentar o alcance das tuas publicações, mas também avaliar as reações dos teus leitores através dos seus comentários. As pessoas gostaram do teu livro? Quais dos teus posts foram mais populares e porquê? Os leitores podem reagir, comentar e dar feedback imediato, independentemente da hora do dia ou da localização do(a) leitor(a). Tu, o(a) autor(a), estás em contacto direto com teus leitores e podes respondê-los a qualquer momento.

Claro, também terás que lidar com comentários negativos; é importante não apagar ou ignorar estes! Responda abertamente às críticas e valorize todos os comentários. Sempre podes aprender algo com isso para o teu próximo post ou livro.

Percepção de ti como um(a) autor(a)

Podes tirar proveito de todas essas características para criares uma imagem de ti mesmo como autor(a). Se esta imagem for bem apreciada por uma comunidade, pode ajudar a aumentar as tuas vendas e, por extensão, os teus lucros. Em outras palavras, a tua participação e disponibilidade nas redes sociais pode assim contribuir para a tua marca pessoal que, quando desenvolvida, pode levar a um maior sucesso.

Dicas específicas para promover livros

Além dos benefícios gerais é sempre bom tirares proveito das características específicas de cada plataforma de rede social. Todos os exemplos descritos abaixo podem ser usados para construir uma comunidade de seguidores e leitores. Podes fazer uso disso mais tarde, incluindo um link que permite às pessoas encomendarem o teu livro. As mensagens de spam ou e-mails devem ser evitadas – caso contrário corres o risco de irritar e alienar os teus seguidores.

Facebook e marketing de livro: como funciona?

Embora o Facebook esteja a caminho de “acabar” há anos, ele ainda é, de longe, a maior rede social. Só isso faz com que valha a pena criar uma página no Facebook como um(a) autor(a). Naturalmente, vais precisar primeiro de um perfil pessoal no Facebook. O próximo passo é criar uma página dedicada a ti como autor(a), para promover a tua escrita.

*Importante ter em mente: inclui algumas informações pessoais e links relevantes na tua página do Facebook, para que as pessoas possam encontrar o teu site oficial e plataformas de vendas. 

O Paulo Coelho é um exemplo de um autor que dominou a arte do Facebook. Ele cria conteúdo diário, incluindo sugestões literárias, citações, palavras de seu próprio blog, etc. Tendo dito isso, outro fator importante ao gerenciar tua página de autor(a) no Facebook, é o que postar para manter teu status atualizado e teus leitores informados e animados.

Lista de possíveis tópicos para inspirar teu processo de criação de conteúdo:

  • Em quais projetos estás trabalhando atualmente?
  • Quem te inspira?
  • O que te inspira?
  • Recomendações de outros trabalhos
  • Citações 
  • Perguntas para motivar os seguidores
  • O que tem de novo no teu género literário?
  • Link para tuas postagens em teu blog (recomendável ter um)
  • Dicas baseadas na tua experiencia como autor(a)
  • Livros ou obras que te inspiram em viagens

Leitores

No Facebook, também estarás em uma ótima posição para pedir feedback aos teus leitores. É importante que estejas sempre de olho em seus interesses. Ao interagir com teus leitores através de atualizações de status, pergunta-te: o que queres alcançar com tuas atualizações de status? Quem são teus leitores e no que eles estão interessados? Que conceito geral te liga à tua página, aos teus leitores e às notícias sobre as quais publica?

Eventos

Outra funcionalidade útil na plataforma são os eventos no Facebook. Com a ajuda deste recurso podes chamar a atenção dos teus leitores para a data de publicação do teu livro, convidá-los para palestras ou workshops e anunciar outras datas importantes, como o evento de lançamento de teu novo livro.

É claro que precisas formar um público antes de poder fazer qualquer coisa. O algoritmo do Facebook é notoriamente duro em novas páginas, por isso não te desanima se o teu público estiver crescendo lentamente. Para aumentar o teu público e aumentar a tua audiência, precisas te comprometer e desenvolver a tua página. Isto significa criar conteúdo de qualidade e espalhar a palavra em outro lugar. Além disso, crachás e widgets, tanto os do Facebook como os que recebes da Bookmundo, podem ser úteis nesse sentido.

Facebook Estúdio de Criação

O Facebook Estúdio de Criação é um recurso relativamente novo que permite criar, agendar e analisar mensagens tanto no Facebook como no Instagram usando uma única interface. Isso é extremamente útil se não quiseres gastar tempo mantendo tua presença nas redes sociais todos os dias, ou se quiseres economizar tempo postando a mesma coisa no Facebook e no Instagram simultaneamente. Esse serviço irá facilitar tua vida durante o começo do processo de engajamento social, como também quando tua presença em redes sociais for estável, o Estúdio de Criação irá ajudar em continuar o mesmo ritmo. 

  

Vai até a página de ajuda do Creator Studio para saber mais sobre como podes fazer uso desse recurso.

Grupos do Facebook

Além de gerenciar a tua própria página de autor(a) no Facebook, recomendamos fortemente que te juntes às comunidades de escritores existentes na plataforma. Esses grupos muitas vezes permitem que apresentes o teu próprio projeto de livro, incluindo links, trechos e teasers, a outros autores. Provavelmente receberás curtidas, feedback construtivo e comentários entusiasmadas nessas comunidades dedicadas. Ao mesmo tempo, estes grupos oferecem uma animada troca de informações entre autores sobre temas que talvez não tenhas pensado antes: desde a produção de livros até questões legais. É aqui que todo o mundo de autores se encontra e informa uns aos outros.

*Tem em mente: lê as regras de cada grupo ao qual te juntares! Alguns só permitem a troca de informações e perguntas. Em outros grupos também podes ser autorizado(a) a promover teu próprio livro!

Twitter e marketing de livro – como funciona?

O Twitter é a outra grande rede social para escritores, e possivelmente até mais popular do que o Facebook no aspeto de postar conteúdo curto e rápido. Como provavelmente já sabes, o conceito é bastante diferente do que estás acostumado(a) com o Facebook. Como tal, precisarás adotar uma abordagem diferente. O limite de 280 caracteres exige que mantenhas tuas postagens curtas e doces, por exemplo. Felizmente, és um(a) escritor(a) e podes dobrar as palavras à tua vontade!

5 boas razões para usar o Twitter

Podes estar pensando que 280 caracteres é irremediavelmente limitador do ponto de vista do marketing, mas este não tem que ser o caso. O Twitter pode ajudar-te a:

  1. Apresentar o teu livro ao mercado
    — Tweet sobre o teu trabalho, mas concentra-te na qualidade – é melhor tweetar menos, mantendo-te interessante e útil!
  2. Construir uma rede/leitoria regular com pouco esforço
    — Podes te conectar com antigos e novos leitores. Por exemplo, também com redactores/editores/editores/editores, etc.
  3. Inspirar-te e aprender com os outros
    — Há sempre algo a acontecer no Twitter. Encontrarás dicas para todas as situações da tua vida como hashtags sobre autores como: #bloqueiaobloqueiodeleitor #vidadeautor ou #inspiração!
  4. Adquirir e partilhar conhecimentos
    — Professores, escritores escolares, redactores, especialistas em marketing, editores, agentes e muitas outras pessoas interessantes estão presentes no Twitter; dados, links, instituições e muito mais são compartilhados no Twitter.
  5. Tornar o teu livro visível nos motores de busca
    — As notícias no Twitter são frequentemente melhor avaliadas pelo Google do que os conteúdos das páginas regulares da web
Aspetos importantes

Quando se trata do Twitter, o teu perfil, tweets, retweets, hashtags, seguidores e seguidores, favoritos e as tuas próprias listas são muito importantes. Abaixo vamos explicar todos estes aspetos e dar algumas dicas para lidares com eles.

Tua conta de perfil no Twitter

As seguintes perguntas devem ser respondidas ao criares o teu perfil:

  • Quem sou eu?
  • O que eu vou fazer?
  • Quais são os meus assuntos?
  • Por que eu estou no Twitter?
  • Por que as pessoas devem me seguir?

Tens a opção de inserir um link no teu perfil. Certifica-te de usá-lo para te conectar a sites onde as pessoas possam aprender mais sobre ti e teu trabalho. Este seria um bom lugar para direcionar as pessoas para o teu site, por exemplo, ou talvez um link para o teu mais novo livro.

*Não te esquece: define uma imagem de fundo para o teu perfil, e torna-o criativo e memorável. Isto faz com que teu perfil pareça mais profissional, e manterás os seguidores. Além disso, certifica-te de receber novos seguidores e agradece a eles por tweets ou retweets úteis. A constante interação no Twitter é essencial para manteres tua conta um sucesso. 

Tweeting e retweeting

Tens 280 caracteres disponíveis por tweet. Os tweets são públicos e podem conter hashtags (usando # – veja abaixo mais informações), links (como URLs), referéncias a perfis de usuários (usando @), imagens (como URLs, ou inseridas diretamente) e localização. As hashtags, links e retweets conectam esses tweets a tópicos mais amplos que atingem um público maior do que apenas seus seguidores.

Em termos de conteúdo, quase tudo pode ser tuitado: opiniões, experiéncias, pensamentos, atividades, títulos de livros, atualizações de status, compromissos, etc. Tem em mente, porém, que esses tweets são públicos – como mencionado anteriormente. Se quiseres que teu tweet seja visível exclusivamente para teus seguidores, podes usar a função “tweet seguro”.

Ideias para os seus tweets
  • Compartilhar tuas ideais e pensamentos
  • Informação sobre teu livro
  • Em que estás a trabalhar agora?
  • Links para amostras grátis do teu livro
  • Perguntas e discussão
  • Informações sobre resenhas para o teu livro
  • Links para artigos do seu blog, entrevistas, ou outros conteúdos online
  • Palestras
  • Algo pessoal para construires uma conexão (hobbies, crianças, modelos, fontes de inspiração)
  • Tópicos relacionados ao teu género literário de interesse
Ideias para os teus retweets
  • Tweets que gostaste, que te ajudaste ou inspiraste
  • Comentários sobre tweets
  • Concursos literários
  • Recomendações
  • Comentários de leitores sobre tua obra
  • Comentários sobre o teu género literário de interesse

Hashtags

Uma hashtag (como #bookmundo.pt) serve para enfatizar uma certa palavra-chave ou tópico no teu tweet. Colocar uma # em frente a uma palavra no teu tweet conecta-o automaticamente a qualquer outro tweet contendo a mesma hashtag, o que facilita o acompanhamento de certos tópicos. Uma hashtag pode consistir de letras e números, mas não pode conter pontuação ou espaços. Podes usar hashtags existentes (como #vidadeautor ou #bloqueiodeautor), ou podes criar a tua própria (como #[título]livro ou #[nome]).

Segue os outros

Seguir outros no Twitter é um assunto bastante simples, como em outras redes sociais. Vai ao perfil das pessoas ou organizações que te interessam e clica em “seguir” no canto superior direito. Suas atividades irão então aparecer na tua página inicial do Twitter – a chamada linha do tempo. No entanto, há alguns pontos a ter em mente:

  • Espera até teres postado alguns tweets. Teu objetivo é fazer com que as pessoas te sigam de volta, e elas só farão isso se lhes der um motivo interessante relacionado ao conteúdo para fazer isso.
  • Não segue muitas pessoas muito rapidamente: para começar, tens que ter certeza de que só segue pessoas que são realmente interessantes para ti. É tudo uma questão de adaptar a tua comunidade. Além disso, este comportamento rapidamente dá aos outros a impressão de que não valorizas o conteúdo deles ou que és um spammer. Se clicares em outros perfis e seguires as pessoas, vais pegar o jeito do Twitter em breve.

Favoritos

Assim como em outras redes sociais, o Twitter permite que mostres teu apreço por mensagens que gostas. Fazes isso “curtindo”, ou seja, clicando no coração sob um tweet.

Seguidores

Nós já cobrimos as nuances por trás de seguir as pessoas, então vamos falar brevemente sobre as pessoas que te seguem! Uma vez que alguém te tenha seguido, significa que se inscreveram no teu perfil e agora veem os teus tweets na sua linha temporal. Todo o propósito do Twitter é “seguir e ser seguido” – este também deve ser o teu objetivo. Se mantiveres tua mensagem e teus interesses claros e focados, acabarás conquistando teus leitores permanentemente.

Mais uma vez, porém: certifica-te de que teus seguidores estejam realmente interessados em ti e em teu trabalho! Afinal, o teu objectivo é que o teu livro acabe sendo comprado – os spammers e os seguidores automáticos não vão ajudar neste aspeto!

*Tem em mente: a procura de seguidores pode levar muito tempo. Fica de olho no sucesso dos teus esforços promocionais para avaliar se a pesquisa está a dar frutos. Será que alcancei os meus objectivos? Estou a ser contactado? Estou a receber feedback? As minhas vendas estão a subir? Mas não desiste imediatamente – isto é uma maratona, não um corrida.

As tuas listas

Finalmente, as listas do Twitter são dignas de menção. As listas são grupos de contas curadas, que podes usar para, por exemplo, agregar mensagens, criar uma visão geral dos usuários influentes dentro de certas áreas, e muito mais. Podes ver um guia passo-a-passo para criar listas aqui.

Como promover o teu livro no Reddit

Para as pessoas que procuram explorar os seus hobbies e interesses com a ajuda de pessoas que pensam da mesma maneira, Reddit é muitas vezes uma primeira parada. Há uma comunidade (ou subreddit, como eles são chamados) para quase tudo – trabalho com madeira, política, autopublicação; muitas coisas. Estes subredits são onde as pessoas vão para obter respostas auténticas às suas perguntas e ideias. Compreender esta autenticidade é fundamental se pretendes promover o teu livro no Reddit. Como uma comunidade que se orgulha por ser “real”, a autopromoção é geralmente desaprovada se feita fora dos tempos e tópicos designados. Isso não quer dizer que não possas fazer isso, mas tens que estar atento(a) a como tentas promover o teu livro.

Como a Reddit é construída com base na contribuição, é uma boa ideia envolver-te em discussões sobre os teus tópicos escolhidos antes de tentar envolver-te em qualquer actividade promocional. A intenção é importante – os redreditores não gostam que as suas comunidades sejam alvo de spam ou usadas para publicidade rasa. Como tal, simplesmente criar uma nova conta e iniciar uma campanha de marketing através dos subredits relevantes é uma boa maneira de ser banido(a). Em vez disso, gasta algum tempo identificando os subredits relevantes que seriam relevantes para o teu livro e envolve-te em discussões nessas comunidades. Ao fazer isso, criarás alguma legitimidade para ti mesmo(a), o que te dará um pouco mais de margem de manobra para uma auto-promoção casual.

Depois de te estabeleceres um pouco, podes começar a tentar promover teu livro diretamente. No entanto, é importante seres transparente e, acima de tudo, humilde com ele. Além disso, recomenda-se que incluas a promoção do livro como parte de um comentário ou post mais extenso. Por exemplo, se escreveste um livro de fantasia e alguém no r/Fantasy está pedindo recomendações, podes responder com uma lista de teus livros de fantasia favoritos e incluir uma menção de teu próprio livro no final. Este tipo de abordagem será geralmente recebida muito melhor do que se tivesses te tornado o foco principal de um post. Na verdade, esta estratégia pode muito bem estimular um interesse mais genuíno do que uma abordagem direta. Certifica-te de incluir um breve resumo do livro, e de preferência um link para um ou dois capítulos de amostra, como um gesto de boa vontade.

Sê Proativo(a)

Como se afirma no nosso guia de promoção do teu livro, é muitas vezes benéfico começar a promover o teu livro enquanto o escreve, de modo a construir uma audiência que esteja pronta para comprar o teu livro assim que este for publicado. Reddit é um ótimo lugar para começares a promover teu livro. Enquanto estiveres a trabalhar no teu livro, podes ir a subreddits relevantes e pedir opiniões sobre o teu processo de escrita, compartilhar exemplos de textos e pedir feedback, ou pedir opiniões sobre arte de capa. Envolver pessoas no teu processo de escrita desta forma é uma ótima forma de despertar o interesse e pode até resultar em pessoas a pedir para comprar o teu livro antes de este ser lançado. Além disso, o Reddit está cheia de pessoas pedindo recomendações, e se conseguires construir um público fiel, eles quase certamente agirão como embaixadores e recomendarão teu livro a outros.

Lê as Regras!

Como abordamos anteriormente, a maioria dos subreddits tem regras bastante claras sobre o que torna um post aceitável. Uma das primeiras coisas que deves fazer antes de te comprometer com um subreddit é ler as regras (localizadas no lado direito do ecrã). Pode ser explicitamente proibido se envolver em qualquer forma de autopromoção, caso em que provavelmente estarias perdendo teu tempo. Alternativamente, um subreddit pode ter uma linha de autopromoção semanal ou mensal reservado especificamente para este fim. Como mencionado, existem sub-tópicos até mesmo para os tópicos literários de maior nicho, então continua explorando até encontrar aqueles que são certos para ti.

Como promover o teu livro no Pinterest

O Pinterest talvez não seja a escolha mais intuitiva quando se trata de marketing de livros. Como deves saber, Pinterest é um site de rede social melhor descrito como um gigantesco quadro de avisos digital. Neste quadro de avisos, “pinas” as tuas fotos e vídeos com um texto descritivo e um link. O conteúdo geralmente engloba trocas sobre hobbies, interesses e ideias. Fotos que gostas podem ser “re-pinadas” em teu próprio quadro de mensagens.

Isso pode tornar o Pinterest muito eficaz para esforços promocionais mais visualmente orientados, ao contrário do foco textual do Twitter, por exemplo. Podes pinar e re-pinar grandes capas de livros, citações do teu livro, arte conceitual e muito mais. Aqui estão algumas sugestões para o que podes incluir a fim de promover teu livro:

  • Pins sobre ti ou do teu projeto atual;
  • Pins sobre o teu livro, a tua capa ou a tua fonte de escrita favorita;
  • Citações ou falas que te motivam;
  • Dicas que te ajudaram;
  • Pins sobre teus protagonistas e antagonistas, seus penteados, suas roupas, seu ambiente.

Também podes usar o Pinterest para dar vida ao teu livro visualmente e, portanto, tornar a tua experiência de escrita mais colorida. Isto não só te permite ficar ainda mais imerso(a) no teu livro, como também dá aos teus leitores uma espreitadela tentadora ao teu processo criativo.

Marketing de livros no Instagram

Instagram é uma opção interessante para promoção de livros, pois combina o foco visual do Pinterest com a cultura da hashtag e de seguidores do Twitter. A vantagem disso é que obténs o melhor dos dois mundos – o potencial de captação de atenção de uma imagem legal, com o potencial de captação de atenção e conversão de uma cópia bem escrita. É também uma plataforma que atrai um público jovem, por isso, se é para esse público que estás escrevendo, então pode ser uma boa escolha para ti.

No entanto, é notoriamente difícil construir uma audiência substancial no Instagram – enquanto os usuários são mais ativos do que na maioria das outras plataformas, será difícil conseguir o envolvimento desses usuários.

Usar hashtags estrategicamente é uma maneira de progredir neste sentido. Não sobrecarrega teus posts com uma tonelada de hashtags não relacionadas – em vez disso, concentra-te em um único tema. Outra boa dica é colorir o teu feed, ou seja, certificar-te de que cada imagem individual que postas tenha uma cor dominante similar à das imagens adjacentes. Desta forma, podes organizar teu feed em vários blocos de cores diferentes (compostos de 6 posts ou mais), o que tende a atrair mais seguidores. Confira as contas populares usando as #booktagram #estouaescrever e outras hashtags para inspiração sobre como e o que postar.

Mas o mais importante: tira fotos de qualidade! Se queres te apresentar como um(a) autor(a) legítimo(a) no Instagram que é sério(a) em relação ao seu ofício, e cujo livro vale a pena pagar dinheiro, precisas de boas fotos. Isto significa fotos nítidas, com boa iluminação e composição de cores sólidas. Não coloca fotos que se desviem muito em termos de assunto, esquema de cores, ou qualidade de imagem. Nem mesmo se elas retratarem algo importante – é para isso que servem os Stories do Instagram! Acima são fotos da autora Tahereh Mafi, um bom exemplo de um feed visualmente agradável. Suas postagens devem ser parecidas, com um tom artístico, inserindo teu trabalho e um lado pessoal também.

Mais um exemplo é a Rupi Kaur, que escreve poemas e partilha eles não só em seus livros como também em seu feed do Instagram. O perfil dela é separado em promover sua escrita e fotos dela em viagens, eventos e etc. É uma boa ideia partilhar tuas palavras para incentivar os teus leitores a quererem mais.

Instagram Stories

Outra funcionalidade útil do Instagram é a função “Stories”. Os Stories são uma série de imagens ou videoclipes amarrados numa sequência, sendo cada um deles visível durante 24 horas. Este método de publicação tende a obter muito mais visualizações e engajamento do que publicações regulares, e é uma ótima maneira pessoal de partilhares teus processos de escrita e pensamento com teus leitores.

Se quiseres compartilhar ou destacar algo que pertence ao teu livro, à tua escrita ou a ti mesmo(a) pessoalmente e não tiveres tempo ou recursos para tirares uma boa foto, basta postares uma história sobre ele. Se for algo realmente importante, como um lançamento de livro, podes adicionar histórias aos teus “Highlights”, evitando que elas expirem. Os teus seguidores podem ver os teus “Highlights” a qualquer momento no teu perfil, e ele ficam semelhantes a este exemplo abaixo da autora Susan Dennard.

Partilhando no Facebook

Outra vantagem em utilizar o Instagram é a possibilidade de partilhar todas as tuas postagens diretamente no Facebook. Isso permite que publiques conteúdo em duas grandes redes sociais ao mesmo tempo enquanto só se faz o trabalho para uma delas. Perfeito se quiseres dedicar mais tempo a coisas mais importantes, como terminar teu próximo capítulo!

O que mais existe?

LinkedIn

O LinkedIn é outra comunidade online que provavelmente conheces, o que te permite crescer e gerir os seus contactos comerciais e de leitores. Particularmente interessantes no LinkedIn são os numerosos grupos temáticos que promovem o intercâmbio entre autores, leitores ou autopublicadores.

Se ainda não tens uma página no LinkedIn, é fácil criar uma. Basta clicar em “Criar uma conta”, e serás guiado(a) ao longo do processo. Embora seja importante incluir informações sobre ti, não deves esquecer de descrever teu livro! Além disso, o preenchimento de todos os campos desta página não é obrigatório – podes decidir por ti mesmo que informação queres dar.

Para além do teu perfil, o LinkedIn permite-te utilizar calendários de eventos públicos e funções de marcação. No LinkedIn existem mais de 70.000 fóruns (apenas parcialmente públicos) e muitos grupos internacionais. Os teus membros organizam reuniões e, assim, estabelecem contactos pessoais. Eventos como estes podem constituir boas oportunidades para fazeres vendas diretas.

Usa esses grupos e fóruns de discussão – assim como atualizações de status, artigos e mensagens diretas – para promoveres o teu livro.

*Importante: não confunde o LinkedIn com o Facebook ou Twitter! O conteúdo desta plataforma deve ser muito mais profissional do que o que encontrarias em qualquer outro lugar. Mensagens sobre os seus sentimentos, auto-elogios ou sobre o tempo não são realmente o que se deve falar nesta plataforma. Em vez disso, elogia outros usuários por sua ajuda, partilha dicas e conhecimentos úteis, ou espalha a notícia sobre tua próxima data de leitura.

YouTube

Já pensaste em fazer um trailer para o teu livro? Não é tão difícil como parece, e tem o potencial de ser um verdadeiro catalisador de vendas! A popularidade crescente do conteúdo de vídeo é razão suficiente para investir algum tempo na promoção do teu livro desta forma. Felizmente, mesmo que não sejas o(a) mais experiente em tecnologia, há vários programas de edição de vídeo simples, gratuitos e intuitivos disponíveis! Usa a flexibilidade do meio para introduzir o teu livro (e talvez a ti mesmo?) de uma forma criativa e envolvente.

O número de trailers de livros nas redes sociais está aumentando rapidamente. Em outras palavras, parece que há uma clara demanda por eles. Enquanto podes ser ambicioso(a) e encenar cenas do teu livro, também podes começar devagar, lendo trechos, ou tentando capturar o clima da tua história usando música e material visual. O YouTube é, portanto, definitivamente um canal a considerar!

Inconvenientes do marketing nas redes sociais

Agora, falamos sobre todas as possibilidades do marketing de mídia social, então parece razoável discutir também os possíveis pontos negativos. No entanto, esta será uma secção bastante curta, uma vez que realmente não achamos que haja grandes desvantagens em utilizar as redes sociais como uma ferramenta de marketing de livros.

A principal questão com o marketing de mídia social é que pode ser muito demorado, se quiseres fazer isso corretamente. Se não estiveres disposto(a) ou não fores capaz de investir este tempo, então o resultado muito provavelmente será decepcionante. Poderias, naturalmente, contratar alguém para ajudar-te neste assunto, embora essa discussão vá além do escopo deste artigo.

Na nossa experiência, os autores estão muitas vezes preocupados que o envolvimento no marketing das redes sociais os faça perder o controle de sua própria narrativa. Isto parece derivar do medo de um feedback negativo esmagador que destrói a credibilidade de alguém. Contudo, este é um cenário improvável para os autores individuais; basta permaneceres aberto(a) e amigável com os teus leitores e não haverás muito com que te preocupar.

Finalmente, tenha em mente que, como autor(a), deves estar sempre ciente do que queres fazer com tuas plataformas. Se não mantiveres regularmente a tua presença online, podes prejudicar as tuas vendas, em vez de as ajudar. Além disso, aconselhamos que não te afaste das críticas. O envolvimento com o feedback dos seus leitores permite-te fazer melhorias e, em última análise, produzir um livro melhor!

Conclusão

Para concluir, as plataformas de rede social oferecem uma riqueza de ferramentas e recursos para ajudar-te a comercializar teu livro gratuitamente. No entanto, alcançar o sucesso com estas ferramentas requer esforço e paciência – não espera um aumento nas vendas da noite para o dia. Tem o hábito de atualizar e interagir com teus seguidores, concentra-te no conteúdo de qualidade regular e vê tua base de fãs crescer.

Menu