Design de Capa

Criando uma Capa para um Livro Auto-Publicado: Um Guia para Iniciantes

Essas capas chamaram a tua atenção? Elas criaram uma resposta emocional? Voltaremos a elas daqui a pouco, mas por agora, tem em mente qual foi a tua reacção a essas imagens. Como deves ter adivinhado, neste artigo vamos falar sobre criar uma capa de livro, e da importância de criar uma capa atraente e representativa!

A capa do teu livro é o primeiro ponto de contacto entre ti e o teu leitor. E, sejamos honestos, todos nós julgamos um livro pela sua capa. Livros com capas chamativas vendem mais cópias do que outros – é simples assim!

Um bom design de capa de livro é, portanto, uma ferramenta de marketing extremamente importante, especialmente na era das redes sociais (vê nosso artigo sobre como promover teu livro nas redes sociais). Agora que as pessoas podem fixar, curtir e compartilhar imagens, as capas de livros estão espalhadas pela web! A tua capa é, portanto, uma parte essencial da tua caixa de ferramentas promocionais e o melhor, gratuita!

Além disso, a autopublicação está ganhando força e, como resultado, mais e mais livros estão entrando no mercado. Esta diversidade sem precedentes faz com que seja mais crítico do que nunca destacar-te. Assim, o design da capa do livro é ainda mais importante para um(a) autor(a) autopublicado(a), que é responsável pelo marketing e venda do seu próprio livro. Um design atraente que representa a tua história pode fazer a diferença entre o sucesso e o fracasso!

Levando isto em conta, pedimos a opinião de alguns dos gestores de compras das principais livrarias europeias sobre a importáncia das capas de livros. Todos eles concordaram, sem excepção, que uma capa de livro é provavelmente o elemento mais importante em termos de potencial de vendas. Se uma capa não parecer suficientemente profissional ou relevante, o livro quase nunca chegará às prateleiras de uma livraria.

Então, o que deves considerar ao desenhar uma capa de livro? Bem, antes de começares a desenhar a tua capa (ou antes de contratares alguém para o fazer), faz alguma pesquisa. Pensa na mensagem que gostarias de transmitir aos teus leitores, ao teu público-alvo e como traduzir visualmente essa mensagem. Neste artigo, iremos fornecer-te algumas dicas que te podem ajudar a conceptualizar o teu design e a encontrar ideias apropriadas.

Passo 1. Define o Género Literário e Identifica o teu Público

As capas mais relevantes contam sobre o género literário do livro sem mencioná-lo explicitamente. O teu livro é um suspense ou romance? Ou, se for não-ficção – é biográfico? É histórico? A tua capa deve fornecer pistas; o objectivo é cativar o teu alvo em segundos. Alguns géneros têm como alvo adultos; outros são destinados a jovens adultos e adolescentes. Alguns podem visar ambos. Deves saber a idade do teu grupo alvo e ajustar tuas ideias de capa de acordo.

Isto pode parecer uma ordem difícil – especialmente se não fores uma pessoa visualmente criativa. Criar uma capa que diga imediatamente a um potencial leitor o que ele ou ela está prestes a captar? Uma capa que tenha a capacidade de se destacar o suficiente da multidão para captar a atenção de um transeunte? Estes podem definitivamente ser objetivos intimidadores para se estabelecer.

Mas não te preocupa! Este artigo vai levar-te através de todos os passos necessários para fazer exatamente isso. Não precisas ser um(a) génio(a) artístico(a) para desenhares uma grande capa de livro!

Passo 2. Define a tua Mensagem Chave ou a Questão Principal do Livro

Também podes pensar na capa do teu livro como uma peça de quebra-cabeça. Escrever um livro é como resolver um grande enigma – e a tua capa é apenas uma peça (mas importante!). Uma capa bem desenhada deve intrigar o(a) leitor(a), sem revelar a história toda – deve fornecer informação suficiente para cativar um transeunte sem dar demasiados detalhes. A tua capa deve atrair o leitor e capturar a substância da tua história, sem dizer muito!

Exercício! Vamos voltar às capas acima. A maioria de vocês provavelmente conhece as histórias da Capuchinho Vermelho, Guerra & Paz, e Vida de Pi. Quão bem vocês acham que as capas representam a história? Será que dão demasiado? Que elementos da história inclui? Eles chamam a tua atenção? Intrigam-te? Porquê ou porque não?

As imagens e as cores da tua capa devem representar a mensagem ou história chave no coração do teu livro. Lembra-te: as pessoas não são apenas criaturas visuais, mas também emocionais. Parafraseando a grande Maya Angelou: “as pessoas não se lembram do que você diz, mas de como você as faz sentir”. Então, queres que tua capa seja memorável e impressionante, e para fazer isso precisas provocar emoção. Faz o(a) teu(ua) leitor(a) sentir algo enquanto olha para a capa do teu livro. A emoção que apresentas através do teu design deve refletir tua mensagem ou a esséncia da tua história.

Algumas ideias:

  • Ilustra a ameaça ou problema que está no centro da tua história;
  • Mostra os personagens principais;
  • Descreve uma cena central na tua história;
  • Encontra símbolos que ‘representem’ a tua história ou a mensagem por detrás dela;
  • Se o título é poderoso por si só, limita a imagem e faz dele a peça central (o minimalismo é sempre apreciado!).

Os passos 1 e 2 constituem a fase de ‘reflexão’ da tua pesquisa. Antes de continuares, é importante ter em mente o género literário, os leitores, e a essência da história. Todos estes elementos devem estar unidos no teu desenho. Se o teu desenho representa a tua história mas não apela aos teus leitores, o teu livro não chegará a tantas pessoas.

Passo 3. Encontra Inspiração

Depois de pensar no que queres transmitir, é hora de procurar ideias e ir atrás de inspiração. Começa com outros livros – como teus(uas) autores(as) favoritos(as) ilustraram as capas (provavelmente não o fizeram eles(as) mesmos(as), mas ainda assim)? Às vezes, edições diferentes de um mesmo livro têm capas diferentes. Pode ser interessante ver como a mesma história é ‘representada’ de formas diferentes.

Também podes comparar capas de livros de diferentes géneros literários. Se não, podes comparar estilos diferentes – minimalista ou extravagante, concentrando-te mais em imagens ou palavras, etc. Usa sites como Pinterest ou Flickr para encontrar ideias. Procura por “capas de livros” para exemplos gerais, ou usa termos de busca específicos como “fontes de fantasia”, se necessário.

Passo 4. Encontra ideias concretas

Depois de navegar na Internet para um pouco de inspiração, é hora de colocares essas ideias em ação. Podes até usar o Pinterest para criar um mood board a partir do qual possas trabalhar! Marca cores, fontes e imagens que gostas. Ao procurar por imagens, podes olhar além das redes sociais das quais já falamos. Podes fixar imagens a partir de qualquer site. Alguns sites oferecem imagens livres de direitos autorais, como Pexels e Unsplash.

Lembra-te que há muitas coisas que devem estar no lugar para formar a capa do teu livro. Não tenta enfiar demasiados elementos lá dentro; tenta levar em conta o seguinte:

  1. Desenho
  2. Cores e estilo
  3. Tipografia
  4. Género
  5. Mensagem principal

Podes encontrar algumas dicas sobre tipografia de género aqui.

Se planejas desenhar tua própria capa, podes fazer teus esboços ou planos mais ou menos detalhados.

Pode ser uma boa ideia apresentar algumas opções à sua comunidade online e pedir feedback às pessoas que te seguem. Isso irá gerar entusiasmo entre o seu público, que terá o maior prazer em contribuir para o seu projeto.

Passo 5. Encontra as Ferramentas ou os Especialistas certos para desenhar a capa do teu Livro

Hoje em dia, pode-se encontrar ferramentas e software gratuitos que te podem ajudar a desenhar a tua capa. Podes até usar o Microsoft Word ou PowerPoint. Quando souberes o tamanho da tua capa, altera o tamanho de uma página do Word ou de um slide do PowerPoint para corresponder ao tamanho da capa. Existem opções mais adequadas, no entanto, como o Canva. É uma ferramenta gratuita e útil para os(as) autores(as) que não têm experiência em design: O Canva oferece layouts pré-formatados que podes implementar diretamente ou modificar de acordo com tuas preferéncias. Há até modelos de capas de livros para usares.

No entanto, a melhor maneira de criar uma capa no Canva é usar as dimensões personalizadas, adaptando-as de acordo com os requisitos da tua impressora e/ou editora. Aqui está um útil tutorial sobre como desenhar uma capa no Canva. Também podes conferir o artigo que escrevemos sobre o tema!

Tuas dimensões de capa dependem da gráfica e da editora: alguns vão pedir um arquivo que contenha apenas a capa, enquanto outros precisam da capa anterior e posterior, individualmente. Para algumas plataformas de autopublicação como a Bookmundo, o arquivo que precisas fazer o upload para tua capa deve conter as três: capa, contracapa e lombada. O tamanho da lombada depende do número de páginas e do tipo de papel que escolhestes.

Como podes ver na figura abaixo, a Bookmundo calcula as dimensões da capa para ti, dependendo do tamanho do teu livro, do número de páginas e do tipo de papel, com uma margem de sangramento de 3 mm ao longo da margem externa. A margem de sangramento refere-se às margens da tua imagem que a impressora vai aparar. Isto assegura que a tua imagem chegará à margem da capa, sem deixar nenhuma margem branca. Tem em mente que a margem de sangramento deve ser maior para capas duras – por exemplo, a margem de sangramento para capas duras na Bookmundo deve ser de 16-17 mm. Isto deve-se ao fato de a imagem ser dobrada sobre a capa em vez de ser simplesmente aparada.

Especificações da capa Mybestseller

Nossa dica: se você quiser criar uma capa de livro em formato padrão usando Canva, crie uma capa com as dimensões 327 mm x 241 mm (convertida em pixels para o melhor resultado). Como visto na imagem acima, você deve manter um espaço reservado para a lombada do seu livro no centro do espaço retangular (de 11 mm no exemplo acima). A lombada pode incluir o título do seu livro; no entanto, isto é opcional.

Naturalmente, poderás utilizar programas mais avançados para desenhar a tua capa, tais como Adobe InDesign e Photoshop ou Microsoft Publisher. Aqui estão alguns tutoriais para cada um deles:

Por favor, tem em mente que este software pode ser bastante caro. Uma alternativa gratuita é o GIMP, um editor gráfico de código aberto com muitas funcionalidades especializadas. Podes encontrar alguns tutoriais úteis sobre como usá-lo aqui.

Para algumas pessoas, a melhor opção pode ser contratar um designer. Uma plataforma amplamente utilizada para designers de capas de livros é a 99designs, mas também podes entrar em contato com eles através das mídias sociais. A maioria dos designers têm uma presença online hoje em dia, permitindo-te ver o seu trabalho antes de decidir contactá-los. A boa notícia é que contratar um designer não tem necessariamente de te custar um braço e uma perna. A partir de cerca de €150, podes obter uma capa desenhada profissionalmente para o teu livro.

A vantagem de teres feito a tua própria pesquisa é que é muito mais fácil discutir o que queres e precisa com o teu designer. Podes fazer um brainstorming dos designs juntos, o que pode até baixar um pouco o custo também!

Algumas Últimas palavras sobre o Design da Capa do teu Livro

Com este artigo, quisemos compartilhar as dicas e pensamentos de alguns especialistas em capas de livros. Também tentamos enfatizar a importáncia de uma capa bem feita e estética. Lembra-te: as pessoas vão julgar o teu livro pela capa! Tens que captar a atenção delas e deixá-las entusiasmadas; provocar uma resposta emocional. Já mencionamos algumas ferramentas que podes usar para desenhar tua capa, mas se conheces outras, deixa-nos um comentário abaixo!

Se tiveres alguma dúvida, não hesita em nos contatar.


Links para as capas apresentadas neste artigo:

Capa Life of Pi por Path e Puddle

Capa do Le Petit Chaperon Rouge da Jazzberry Blue

Cobertura de Guerra e Paz por T.M. Salin

Menu