AutopublicarPublicação

Quanto custa publicar um livro?

Essa é provavelmente uma das perguntas que mais recebemos, e parece ser bem direta, não é? Infelizmente, não é. É uma pergunta bem difícil de ser respondida, pois o conceito de publicar não tende a ser o mesmo para pessoas diferentes (chocante, sabemos!). A situação não é nem um pouco facilitada pelo fato de que não só existem diversas maneiras de se publicar um livro, mas também diversas empresas e serviços feitos para te ajudarem com isso, cada um com suas próprias regras e procedimentos. Com isso em mente, esse artigo é a nossa tentativa de explicar todas essas variáveis da maneira mais clara possível. Então, quanto custa publicar um livro?

O melhor lugar para começar a responder essa vaga pergunta é a olhar para as principais maneiras que podes publicar um livro hoje.

Publicação tradicional: quanto custa?

Esse é o método de publicação mais conhecido pelas pessoas, sem dúvidas. A publicação tradicional se resume a encontrar uma editora que esteja disposta a publicar o teu livro. Soa fácil, certo? Tudo o que precisas fazer é escrever um livro muito bom! Certo?

A conseguir um(a) agente

Bom, é, escrever um livro muito bom com certeza é um bom início, mas o trabalho duro não acaba por aí. Se és um(a) autor(a) de primeira viagem, conseguir que o teu livro seja colocado na mesa de uma editora provavelmente vai ser tão difícil quanto escrever o livro em si, se não mais. O motivo pra isso é que a maioria das editoras não considerarão manuscritos a não ser que sejam encaminhados por canais aprovados. Isso significa que não podes simplesmente mandar o teu livro para a Porto Editora e torcer para que gostem. Para que uma editora considere o teu manuscrito, precisas contratar um(a) agente. Esse(a) agente irá então apresentar o teu manuscrito para as editoras em teu lugar.

Os agentes literários tendem a trabalhar por comissão, o que significa que ao invés de ser pago(a) de uma vez, ele(a) terá direito a uma percentagem dos lucros que tiveres caso teu livro seja vendido. Para a maioria dos agentes, essa porcentagem será em torno de 15%. Tem em mente que isso é 15% do que a editora pagará para ti, e não 15% dos lucros totais que as vendas do teu livro gerarão.

Editoras e revendedoras a ficar com uma porcentagem

Isso nos leva a outro “custo”, de certo modo. Já ouviste falar sobre como na indústria da música a maior parte dos lucros vão para a gravadora responsável, e não para o artista? É um processo similar na indústria de publicação. Quando o teu livro for publicado, ele será vendido a um certo preço no mercado, escolhido pela editora. É esse o preço que as pessoas pagarão ao comprar o teu livro nas lojas, e essa é a quantia que será dividida entre a editora, a empresa revendedora e tu. Então, a próxima pergunta a ser respondida seria: quanto desse valor de venda vai realmente para ti?

Em Portugal, o(a) autor(a) ganha em torno de 8% a 12% do preço dos livros que forem vendidos. O restante é divido entre a editora e as revendedoras. Além disso, a editora geralmente não investe em qualquer tipo de marketing para autores de primeira viagem. Isso significa que se quiseres alavancar as vendas dos teus livros (e as chances de teres mais livros a serem publicados no futuro), terás que investir nisso sozinho(a). Tem em mente que estamos a falar em aberto aqui – casos individuais com certeza irão variar.

Para finalizar

Esse é o verdadeiro “custo” de publicar um livro tradicionalmente. A maior questão não é que precisas contratar um(a) agente para ganhares acesso a tudo isso, mas que uma grande parte dos teus potenciais lucros não vão para ti no final das contas. A quantidade de tempo e dinheiro que investes ao escrever e publicar o teu livro provavelmente não te trará grandes quantidades de lucros, pelo menos na maioria dos casos.

Agora, não nos entende mal. Apenas queremos ajudar-te a entender como a indústria funciona no geral, e a publicação tradicional não é necessariamente a maneira mais custo-eficiente de conseguires os meios financeiros necessários para teres uma vida totalmente financiada pela tua escrita, mas funciona muito bem para algumas pessoas. Por mais que não estarias a fazer muito dinheiro por cópias vendidas, a publicação tradicional te dará legitimidade, o que pode ser transformado em mais vendas.

A resumir: quanto custa?

Aproximadamente 15% do dinheiro que ganhares no total. Para referéncia, em Portugal, o(a) autor(a) ganha em torno de 8% a 12% do preço dos livros que forem vendidos.

Vanity press: quanto custa?

Vanity press é muitas vezes confundida com autopublicação. Enquanto isso é um equívoco, é um equívoco compreensivo, já que vanity press era a única alternativa disponível para escritores além da publicação tradicional por muito tempo.

Esse método se resume a um(a) autor(a) estando a pagar para ter o seu livro publicado. Ao contrário das editoras tradicionais, tens que pagar à empresa que estás a publicar-te antes de publicares o teu livro. Essa quantia irá variar dependendo de fatores como a formatação do teu livro, a quantidade de exemplares em um determinado pedido, e a taxa que a empresa cobra pelos seus serviços. Como resultado disso, esse método pode te custas centenas – ou até milhares – de euros.

Qualquer que seja a quantia, é seguro afirmar que o processo não vale a pena. Enquanto podes conseguir alguns livros de qualidade desse acordo, não estarás a ganhar qualquer legitimidade ou apoio que uma editora tradicional estaria a dar-te. Também não estarás a ganhar a flexibilidade ou altas margens de lucro que a autopublicação te dará. E, por outro lado, se não estiveres interessado(a) em vendas e apenas queres ter umas cópias do teu livro, então vale mais a pena apenas imprimí-los.

Para simplificar, a vanity press só traz-te desvantagens. Apesar de a vanity press ter historicamente ajudado muitos autores a criarem um nome para si mesmos, as chances do mesmo acontecer hoje em dia são pequenas. Existem simplesmente livros demais a serem publicados hoje em dia.

Finalmente, temos de discutir os custos. Se decidires ir pelo caminho de vanity press, irás gastar quantias grandes de dinheiro só para ter o teu livro publicado. Esse dinheiro pode ser investido em atividades promocionais se optares por qualquer uma das outras duas opções de publicação.

Para resumir: quanto custa?

Qualquer quantia entre €100 e €1000, a depender da qualidade do serviço, do tamanho e quantidade de páginas do livro e vários outros fatores.

Autopublicação: quanto custa?

Achamos just começar essa sessão com um aviso: tem bastante autopromoção a vir pela frente. Isso não é uma tentativa transparente de te convencer de qualquer coisa, não nos leva a mal. É apenas que autopublicação é a nossa área de especialidade e, para nós, discutir isso sob o contexto da nossa plataforma faz sentido. Ainda assim, a maior parte das coisas que falaremos nessa sessão servem como regras para a autopublicação no geral, então se realmente não queres autopublicar o teu livro connosco, não te preocupas. Mas pra sermos sinceros… se decidires tentar a autopublicação, vale a pena fazer isso connosco. Somos muito bons no que fazemos.

Mas vamos lá. Quanto custa para autopublicar um livro?

Bom, na Bookmundo, a publicação em si é gratuita. Não cobramos pelo uso da nossa plataforma. Não cobramos a ti pela publicação do teu livro. Podes criar uma conta, publicar um livro, e vendê-lo sem gastar um só centavo. Então, pelo que cobramos? Bom, pelos ISBNs e pela impressão.

Custo de ISBNs

Vamos começar com ISBNs: nós cobramos €12,75 por eles. ISBNs são opcionais, mas são muito úteis se quiseres vender o teu livro em canais de venda terceiros, como a Fnac. Podes ler mais sobre ISBNs e para que servem nesse outro ótimo artigo que escrevemos.

Custos de impressão

Por outro lado, os custos de impressão variam. Nós sabemos que isso não é algo que queiras ouvir, mas é hora de encarares a realidade fria e dura. A depender do tamanho, dos materiais e das cores usadas no teu livro, vai custar diferentes quantias de dinheiro para imprimí-lo. Felizmente, temos uma solução quase perfeita para essa incerteza. Tudo o que tens de fazer é ir para a nossa calculadora de preços e preencher as especializações do teu livro. Esse incrível exemplo de software não apenas te dará suggestões para preços de venda para o teu livro, mas te mostrará quanto o teu livro custará para ser impresso. Vai até te mostrar quanto dinheiro poderás ganhar por cópia vendida!

Também achamos bom lembrar que os custos de impressão são apenas aplicados caso estejas a pedir os livros para ti mesmo(a). Ao mesmo tempo que sempre recomendamos fortemente que encomendes uma cópia de teste antes de publicares, não precisas fazer isso. Se um(a) cliente comprar o teu livro em nossa loja virtual, os preços de impressão serão incluídos no preço de revendedoria (que podes escolher). É por isso que é importante colocares um preço no teu livro que seja alto o suficente para que consigas lucrar, mas que seja baixo o suficiente que irá atrair clientes.

Custos de revendedoria?

A falar de clientes a comprar o teu livro, precisamos dizer que, assim como editoras tradicionais, a maioria das empresas de autopublicação ficarão com uma parte dos teus preços de vendas (a incluir nós). Porém, como mencionado, poderás escolher o valor desse preço quando estiveres a publicar connosco.

Ao fazer isso, também terás acesso a uma explicação detalhada de como esse valor será divido entre nós, tu e qualquer outro canal de venda que tiveres selecionado. Claro, a vender o teu livro pela nossa loja virtual (ou pelo site de autor(a) gratuito que te damos) significa que não haverão custos de revendedoria. Isso te permite maximizar os teus lucros ao tirar os terceiros da equação.

Um exemplo

Para que fique mais fácil de entender, vamos dar um exemplo. Digamos que o teu livro seja um livro médio de capa mole com 150 páginas de papel creme. Isso vai custar €6,29 para ser impresso. Vamos também dizer que sejas ambicioso(a) e queiras comprar um ISBN também. A juntar ambos os valores, isso custará €19,04.

Agora, vamos dizer que estejas a vender esse livro por €9,99. Isso te dará um lucro de €3,26 por cópia vendida. Se venderes 6 cópias, terás conseguido de volta o dinheiro que investiste em um ISBN e em uma impressão de teste. É aqui que está o verdadeiro potencial da autopublicação. Já que podes escolher o teu próprio preço de vendas, podes ter um lucro muito grande sem ter que fazer com que o teu livro seja mais caro.

 

Uma nota

Nós sabemos que estamos a falar sobre a venda dos teus livros super lucrativos como se fosse uma coisa simples. Claro, não necessariamente esse é o caso. Há um certo trabalho a ser feito nessa área, e ele potencialmente pode vir com os seus próprios custos. O que queremos dizer com isso?

Marketing

Bom, para que vendas o teu livro, as pessoas têm que saber que ele existe. Em outras palavras, provavelmente terás que fazer uma certa quantidade de marketing. Assim como editoras tradicionais, nós (e a maioria das outras empresas de autopublicação) não faremos esse marketing por ti. De qualquer modo, nós te damos diversas ferramentas gratuitas para tornar tudo isso mais fácil e ajudar-te a começar o marketing para o teu livro.

O marketing de um livro, assim como muitas outras coisas, pode ser muito facilitado se investido com dinheiro. Existem muitas formas de marketing que podes fazer uso com um investimento modesto, e podes ler sobre elas em nossa introdução sobre como promover o teu livro. Quanto dinheiro sentes-te a vontade para investir em marketing depende de ti, é claro. Pode fazer muita diferença nas vendas do teu livro, então mantém isso em mente.

Design de capa, edição, etc

Para finalizar, tem coisas como a edição do livro e o design da capa que é bom manteres em mente. Um capa bem-planeada, por exemplo, vai fazer um mundo de diferença para as tuas vendas. Se te sentes confiante nas tuas habilidades de fazer o design de uma capa dessa forma, podes simplesmente usar o nosso designer de capas e criá-la gratuitamente. Por outro lado, se não estiveres feliz com o que tiveres criado por ti mesmo(a), podes querer considerar contratar um profissional para fazer isso por ti. A depender do designer, isso pode resultar em um investimento modesto ou um mais caro. Cabe a ti escolher se o potencial de um aumento de vendas vale a pena. Tudo isso se aplica para outros serviços literários, como edição do livro, etc.

Para resumir: quanto custa?

Realmente depende: qual serviço de autopublicação estás a usar e quanto trabalho queres fazer sozinho(a)?

Na Bookmundo, estarás a enfrentar em torno de €0 e €35, a depender dos teus planos. Queres um ISBN e uma cópia do teu livro de teste, ou estás 100% confiante que o teu livro está pronto sem precisar de uma? Se decidires investir em marketing ou contratar ajuda proffional, podes vender cópias o sufience do teu livro para obteres um retorno desse investimento?

Confere a nossa calculadora de preços para obter números mais concretos.

Menu